Costa Rica precisa aprovar casamento gay em um ano e meio

Supremo considerou inconstitucional proibição a união entre homossexuais

Publicado em 10/08/2018

Costa Rica vai ter casamento gay

A Suprema Corte da Costa Rica decidiu que é inconstitucional proibir o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Curta o Guia Gay BH no Facebook

A decisão estabeleceu prazo de 18 meses para que o Legislativo do país implemente as mudanças necessárias por meio da lei.

Há um número grande de evangélicos no Parlamento que se opõem à mudança, mas o presidente costarriquenho, Carlos Alvarado Quesada, saudou a decisão e prometeu pressionar por uma lei para implementá-la.

Em comunicado, ele disse que "nosso compromisso com a plena igualdade de direitos permanece intacto" e que o Executivo "respeita a decisão" do tribunal.

Quesada acrescentou: "Nós confiamos que o respeito pelos direitos humanos e o estado de direito prevalecerão se a Assembléia Legislativa reconhecer o casamento homossexual nos próximos 18 meses, ou, se falhar, quando o prazo expirar e a lei atual for invalidada."


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.