ELEIÇÕES
Informações para que você e toda comunidade LGBT votem de forma consciente

Histórico: Congresso Nacional terá 1 senador e 2 deputados gays

Jean Wyllys, Marcelo Calero e Fabiano Contarato: Câmara dos Deputados e Senado Federal ficarão mais arco-íris

Publicado em 08/10/2018
Marcelo Calero, Jean Wyllys e Fabiano Contarato: congressistas gays eleitos em 2018
Wyllys e Calero irão para a Câmara dos Deputados e Contarato para o Senado

Em meio à onda conservadora que deu 49 milhões de votos a Jair Bolsonaro, candidato à Presidência do País pelo PSL, dá para comemorarmos algumas vitórias: o Brasil terá o maior número de gays assumidos no Congresso Nacional na história.

Curta o Guia Gay BH no Facebook

Na Câmara dos Deputados, foi reeleito Jean Wyllys (Psol-RJ) para seu terceiro mandato, com 24.295 votos. Wyllys entrou pelo coeficiente eleitoral, puxado pelo expressivo número de votos de Marcelo Freixo, da mesma legenda, que obteve 342.491 votos.

Também eleito pelo Rio de Janeiro, outro parlamentar gay irá para Brasília. É Marcelo Calero (PPS) com 50.533 votos. Ex-ministro da Cultura, Calero ficou reconhecido ao denunciar Geddel Vieira Lima, ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo, a pressioná-lo para obter favores pessoais na pasta.

E o Senado terá pela primeira vez um representante abertamente arco-íris. Fabiano Contarato (Rede) conquistou 1.117.036 votos e uma das duas vagas para o Senado pelo Espírito Santos.

Nas redes sociais, circulam fotos do senador eleito com o marido e o filho adotivo, que ele mesmo postou em sua conta no Instagram. A sua conquista, inclusive, foi vista como dupla: o mesmo Espírito Santo não reelegeu Magno Malta (PR) que estava há 16 anos lutando contra LGBT no Senado.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Amo vocês! Deus nos abençoe sempre! Beijos ?

Uma publicação compartilhada por Fabiano Contarato - 181 (@fabianocontarato) em


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.