Thalita Carauta posta foto com filho adotivo e sua mulher

'Somos uma família. Na justiça dos homens e dos orixás', escreveu atriz

Publicado em 29/11/2018
Thalita Carauta posta foto com filho adotivo e a mulher
Atriz interpretou Gorete em 'Segundo Sol', que terminou em novembro na TV Globo

Thalita Carauta divulgou imagem junto a sua esposa e à filha adotiva declarando amor a sua família.

Curta o Guia Gay BH no Facebook

Em sua conta no Instagram, a atriz, que viveu a divertida Gorete na novela Segundo Sol,  escreveu: "E o amor se fez, raiz e flor! Esse é o Bento, meu filho. Essa, Linoca, minha eterna companheira, parceira de vida! Sim, somos uma família! Vitória! Na justiça dos homens e dos orixás! Anos na batalha e hoje você já tem 5 anos! Haja coração! Meu filho, nosso amor nunca se fez em burocracia e herançaas biológicas".

"Quando perguntam o que há de mais forte e importante na relação mãe e filho, seja adotiva ou biológica, a resposta é unânime: o Amor, e olha que curioso, ele não é genético", continuou.

"O Amor sequer é físico, embora possamos sentir sua vibração em todo o corpo, principalmente coração. Mas se esse me fosse tirado, ainda sim te amaria, meu filho, porque o amor não é biológico. Ele é legítimo! E incondicional."

Em 29 de agosto, uma outra imagem da atriz, também no Instagram, havia sido entendida por muitos como uma saída do armário. Thalita postou foto junto às cores da bandeira LGBT no Dia da Visibilidade Lésbica e escreveu a hashtag #visibilidadelesbica. Vários de seus colegas de elenco da novela das nove curtiram ou comentaram com corações.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E o amor se fez, raiz e flor! Esse é o Bento, meu filho. Essa, Linoca, minha eterna companheira, parceira de vida! Sim, somos um família! Vitória! Na justiça dos homens e dos orixás! Anos na batalha e hoje vc já tem 5 anos! Haja coração! Meu filho, nosso amor nunca se fez em burocracias e heranças biológicas. Aliás, quando perguntam o que há de mais forte e importante na relação mãe e filho, seja adotiva ou biológica, a resposta é unânime: o Amor, e olha que curioso, ele não é genético. O Amor sequer é físico, embora possamos sentir sua vibração em todo o corpo, principalmente coração. Mas se esse me fosse tirado, ainda sim te amaria, meu filho, porque o amor não é biológico. Ele é legítimo! .. e incondicional. Achar que ama um filho pq ele tem o mesmo cabelo que o seu, nariz, sangue, pele, estrutura genética, é condicionar o seu amor. Bento, meu filho, eu te amo livre! #adoção?? Aos amigos, obrigada pela torcida!??

Uma publicação compartilhada por Thalita Carauta (@thalitacarauta) em


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.