Prazer, Hamlet


Rodrigo Simas se desnuda em seu primeiro monólogo. O artista vive um ator que está prestes a estrear seu primeiro monólogo inspirado no clássico texto de William Shakespeare, Hamlet.

A trama poderia ser a do próprio Rodrigo que, pela primeira vez, também está sozinho no palco, sob a direção de Ciro Barcelos. Prazer, Hamlet explora os medos, os questionamentos e os fantasmas internos desse ator que se vê obsediado por Ham lixo que o incita numa escavação pelos labirintos da hipocrisia social e do coração do Príncipe Hamlet, levando-o a uma questão jamais abordada nas inúmeras montagens teatrais da obra: quem o príncipe amou afinal?

No texto original de Shakespeare, o príncipe Hamlet corteja Ofélia. Há dúvidas se o príncipe está em êxtase com esse amor ou louco com a morte do pai e atormentado por seu fantasma. Os amigos não acreditam nesse amor. Quando ele se encontra sozinho com Ofélia no quarto, nada acontece e ela fica estarrecida. Depois, numa discussão, ele sugere que ela vá para um convento.

Com cenário, adereços e figurinos assinados por Claudio Tovar, Rodrigo se despe no palco, ficando em uma das cenas apenas com um cinto de castidade. Representando a sexualidade da personagem Hamlet, omitida por Shakespeare, que nunca foi abordada. Um figurino feito em couro preto que remete uma estética medieval e moderna ao mesmo tempo.

"A exposição é muito relativa, não necessariamente está ligada à nudez. Não tenho problema com a nudez e acho que a sociedade é que tem. É uma questão religiosa também. Com a criação de tabus e padrões, super valorizam e problematizam a exposição de um corpo", analisa Simas.

A ideia do trabalho com o diretor Ciro Barcelos surgiu em 2012, quando os dois se encontraram no palco do "Dança dos Famosos", do Domingão do Faustão. "Ele foi jurado técnico e no final conversamos e ali já havia uma vontade de trabalharmos juntos. Dez anos depois, eis que sou o seu Hamlet. Que responsabilidade!", diz Rodrigo.

Encenação: Rodrigo Simas, Texto e direção: Ciro Barcelos. Cenário: Claudio Tovar e Ciro Barcelos. Figurinos e adereços: Claudio Tovar. Direção musical: André Perine. Desenho de luz: Caetano Vilela. Preparação vocal: Glaucia Verena, Fotografia: Ronaldo Gutierrez. Assessoria de imprensa: Dobbs Scarpa Comunicação. Produção e realização: Foco3 Produções Artísticas.

  Evento em 30/06/2024Sesc Palladium
   R$ 45 a R$ 100. Venda on-line.
   29/06 a 30/06
       Sábado - 21h
       Domingo - 19h
Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.