Politico gay diz ser respeitado no Senado e critica Jean Wyllys

Fabiano Contarato (Rede) tem projetos para agilizar a adoção e aumentar a participação feminina na política

Publicado em 18/04/2019
Senador gay Fabiano Contarato critica Jean Wyllys
Contarato falou sobre o que acredita que prejudicou Wyllys no Congresso

O senador Fabiano Contarato (Rede/ES) afirmou que não sofre discriminação no Congresso por causa de sua orientação sexual e comentou sobre a postura do ex-deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ).

Curta o Guia Gay BH no Facebook

Primeiro senador abertamente gay eleito no Brasil, Contarato comentou sobre o tratamento que recebe como membro do Poder Legislativo.

"Sou tratado com todo o respeito no Senado. Não vejo qualquer diferenciação, e isso está relacionado à minha postura", disse ao jornal A Tribuna, do Espírito Santo.

Segundo o senador, o próprio eleitor capixaba soube entender que sua imagem pública está totalmente dissociada de sua vida pessoal.

"Fui eleito sem levantar qualquer bandeira, para nenhum lado", explicou. "Não me elegi para defender apenas um segmento. Fui escolhido para representar todos os capixabas e os brasileiros de forma geral."

Sobre Wyllys, que foi nos últimos oito anos o único representante assumidamente gay na Câmara dos Deputados, Contarato fez observações.

"Talvez a intolerância sofrida pelo parlamentar na Câmara esteja relacionada ao fato de ele ter abraçado apenas uma causa (LGBT). Esse, na minha opinião, foi o erro. O parlamentar tem de entender que ele não foi eleito para atender apenas a um segmento."

O senador afirmou ter projetos voltados para o sistema de cotas em concursos públicos, além de maior participação feminina na política e aumentar a rapidez no processo de adoção.

Aos 52 anos, Contarato é pai de um menino de quatro anos junto ao marido, e continua na fila para adotar mais uma criança.

"Eu nunca saí da fila da adoção, na verdade. No entanto, depois que adotei o meu filho, tive de voltar para o final dela. Não tenho preferências porque o amor de pai não escolhe cor, idade ou sexo", disse.


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.