Roteiro de Bares

Uma das peculiaridades de BH em relação a outras capitais é que os bares LGBT daqui não são muito segmentados, especialmente em relação ao gênero. Homens e mulheres, gays e lésbicas, dividem o mesmo espaço.

As opções com mesas na calçada - como os belo-horizontinos adoram - são maioria. Lugares simples, ou descolados, pequenos ou com agito. O cardápio de BH tem para todos os gostos!

Por conta da pandemia do novo coronavírus, estabelecimentos seguem algumas restrições no funcionamento e programação. 

Bombshell
Público hipster com trilha sonora indie, electro e pop.
Rua Sergipe, 1.395, Savassi.
Domingo e segunda, 18h à 0h; terça a sábado, 18h à 1h.
Mineiro Bill [FECHADO]
Casa estilo praia. Música ao vivo no térreo; no andar superior, pista e lounge.
Rua Dom Pedro II, 4.001, Padre Eustáquio.
Domingo, 16h.
R$ 20.
Esquenta
Mesas na calçada em uma das ruas mais gays e bi da cidade.
Rua Sergipe, 1.520, Savassi.
Quarta e quinta, 19h às 3h; sexta e sábado, 19h às 5h; domingo, 17h à 1h.
Code Bar
Bar na Savassi tem noites com voz e violão, pagode, sertanejo, pop e eletrônico.
Rua Levindo Lopes, 303, Savassi.
Quinta a sábado, 20h às 4h; domingo, 16h às 23h45.
Santa [FECHADO]
Vertentes underground da música eletrônica tomam conta do pequeno espaço que reúne galera alternativa.
Rua Capitão Bragança, 15, Horto.
Sexta e sábado, 19h às 2h.
Gratuito.
John John Bar
Música ao vivo e agito na calçada.
Rua Sergipe, 1.516, Savassi.
Terça a sexta, 16h às 22h; sábado e domingo, 14h às 22h.

Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.