Ativista e rapper gay Kevin Fret é assassinado com 8 tiros

Porto-riquenho tinha apenas 24 anos; polícia ainda não conhece a motivação do crime

Publicado em 11/01/2019
Rapper gay de Porto Rico, Kevin Fret é assassinado em San Juan
Artista andava de moto quando foi surpreendido por assassino

O artista e ativista Kevin Fret foi morto a tiros em San Juan, capital de Porto Rico, na noite de quinta-feira 10.

Curta o Guia Gay BH no Facebook

Fret, que era conhecido como rapper, descrevia-se como o primeiro artista abertamente gay do trap latino. Ele tinha 24 anos.

Ele andava de moto na rua quando foi atingido por oito tiros na cabela e no quadril.

"Sem palavras para descrever nosso sentimento e a dor que nos foi causada por saber que uma pessoa com tantos sonhos se foi", declarou o empresário de Fret, Eduardo Rodriguez.

"Devemos nos unir nesses tempos difíceis e e pedir por mais pedir por mais paz em nosso amado Porto Rico."

Não há informaçõe sobre a motivação do crime. Segundo a BBC, este foi o 22º assassinato em Porto Rico este ano.


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.